Bruna e os colegas já têm clube de Robótica graças a Orçamento Participativo

Bruna, Margarida, Inês e Sara foram as quatro representantes da escola Nuno Gonçalves no projeto vencedor do orçamento participativo

23 de Junho de 2017
O Grupo da Escola Nuno Gonçalves foi um dos vencedores do programa na Penha de França, com plano para incluir robôs nas aulas

"É melhor do que o primeiro lugar e ganhar uma medalha." Bruna Margarida tem nas mãos um pequeno robô que a escola ganhou com a sua ajuda e que vai servir para iniciar o clube de robótica. No ano passado, o projeto de que fez parte foi o vencedor do 2.º ciclo do primeiro orçamento participativo nas escolas da Junta de Freguesia da Penha de França, em Lisboa. Ontem, o prémio chegou-lhes às mãos durante a cerimónia de abertura do ano letivo da escola básica Nuno Gonçalves, onde foram distribuídos também os prémios de mérito escolar.

Com os cinco robôs que receberam, a escola vai abrir um clube de robótica que pretende cativar os alunos para as disciplinas do currículo, através da programação e da robótica. "Começou por ser uma sensibilização para a programação e a robótica, mas os alunos ficaram tão entusiasmados nesse dia que quando soube da possibilidade de nos candidatarmos ao Orçamento Participativo das escolas, começámos a preparar esta candidatura", explica a professora Belmira Abrantes.

Acabaram por ser os escolhidos para receber o financiamento. "Pensámos que a nossa ideia era diferente e que por isso tinha mais hipóteses de ganhar", defende Margarida Xavier. Além disso, "a nossa apresentação foi diferente, pusemos o público a interagir com a nossa ideia", acrescenta Inês Simões.

Fonte: DIÁRIO DE NOTÍCIAS